4 de janeiro de 2018

O 365 de 2017

Prefiro fazer um mini-resumo do ano anterior em Janeiro. Sinto, de certa forma, menos pressão. Primeiro porque acho que tem mais lógica, uma vez que não posso resumir Dezembro se ainda estou nesse mês e depois porque fico super preguiçosa e só depois do feriado de 1 de Janeiro é que tenho cabeça para acabar de escrever este post.

Não foi difícil escolher as fotos deste ano -  não tirei muitas. Ao rapidamente ver o resumo de 2017 fico a achar que não fiz grande coisa- o que é mentira. Não andei em tantos concerto ou passeios, mas profissionalmente a minha marca andou mais ''de roda no ar''. Com a nossa mania de registar tudo o que fazemos online, será que quando não o fazemos, esse acontecimento desaparece? O que não é fotografado não existe? A nossa vida é desinteressante se não nos estivermos sempre a mostrar? Muitas vezes sinto o desejo de me afastar das redes sociais e outras a vontade de voltar mais ao blogue e fico sempre a meio gás.

Oh well, fica o resumo visual deste ano, um resumo mais estético do que narrativo.


Janeiro


Fevereiro



                                                                             Março






  Abril



Maio


Junho



Julho



Agosto


Setembro



Outubro




Novembro


Dezembro



2 de janeiro de 2018

365 Dezembro


Já não me lembrava o quanto o Jardim Botânico do Porto é bonito! A última vez que fui lá deve ter sido há 3, 4 anos e a sensação com que entro e saio é sempre a mesma: que não vi o suficiente. É um sítio mais que recomendado, especialmente ao por-do-sol. 







Foto Ricardo Marques





A última quinzena de Dezembro foi super agitada, entre fazer uma sessão fotográfica, uma série de dias em mercado no Hard Club e um desfile, os dias que se seguiram a essa correria deixaram-me estendida no sofá a dormir tudo o que não tinha dormido. O mês acabou chuvoso, cinzento e ventoso, um bom dia de Inverno no Porto portanto.

13 de novembro de 2017

365 Outubro

Outubro foi um mês daqueles. A primeira quinzena foi alucinante, entre acabar a coleção , fotografar e preparar a minha ida ao Vintage Festival, dormi 5 min. Ainda houve tempo para as vindimas do campo do meu avô, fazer mercado na Praça das Cardosas e passear um bocadinho pela minha cidade.